Aquilo que se pensa


Ficção nossa de cada dia

A telenovela contribui para a alienação ou ajuda na formação da sociedade?

 

              Após o trabalho, chegar em casa, ligar a tv e assistir a sua novela favorita. Essa é uma realidade comum a muitos brasileiros durante toda a história das telenovelas no Brasil. A primeira telenovela no país foi " Sua vida me pertence" na década de 1950, protagonizada por Vida Alves e Walter Foster. A partir de então uma paixão tomou conta da vida dos telespectadores que hoje vem na telinha uma estagnação nas tramas que acabam se repetindo e acabando com a magia do formato, além da exibição de cenas desnecessárias de sexo e violência, cheia de merchandising que as comerciabilizam ainda mais. Tudo isso, vem contribuindo para a diminuição do número de expectadores. A maior diferença das primeiras novelas e das de hoje é a produção de qualidade e maior empregabilidade que elas agora oferecem. Faxineiros, figurinista, diretores, atores e muitos outros profissionais são empregados pelas novelas. Há uma diferença também gritante no conteúdo, antes lúdico e singelo que às vezes tentava adaptar a realidade à literatura. "A escrava Isaura", "Roque Santeiro" e " Dancin' Days" são exemplos de grandes sucessos.

               Há quem critique e levante a questão da falta de conteúdo útil levando a alienação dos reais acontecimentos da sociedade, que pode ocorrer muitas vezes. Mas algumas novelas tentaram  inserir na trama assuntos relevantes para discussão e reflexão da sociedade como o racismo, homofobia e preconceito contra deficientes. A novela "Mulheres Apaixonadas"  levantou o tema dos maus tratos a idosos e contribuiu para a formação do Estatuto do Idoso. A finalidade das telenovelas é dar entreterimento, mas deveria sempre ser um entreterimento com cultura e propósito, já que pela alta audiência que tem, influencia pessoas de vários cantos do país. A televisão é um meio de comunicação democrático, visto por pessoas de diversas classes sociais e por isso acaba servindo de fuga à realidade triste e difícil de muitas pessoas. O escapismo é a característica mais encantadora das novelas. Ao mesmo tempo em que o público pode se identificar com determinados personagens.

          

             



Escrito por Anna Fernandes às 21h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Arte e cultura, Livros
Histórico
Outros sites
  Blog Velho Tempo Novo
  Meu twitter
  UOL - O melhor conteúdo
  Revista Piauí
  Escola Virtual
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog